discografia

vazios, cadu e bella

QTV/Coisas Que Matam, abr 2018

"Como ter fodido sonhos quando criança. Pesadelos nebulosos ou tipo sonhos estranhos de séries originais de Twilight Zone /Star Trek. Mas lembrando-os agora e misturando-os com memórias reais. Talvez enterrando-os em um subconsciente de realismo místico. Lembrando-se de brincar com blocos de madeira, criando bibliotecas mal-assombradas, você pode entrar e imaginar a Virgem Maria chutando sua bunda estilo Terminator por esses blocos de madeira, enquanto sua irmã entra como Godzilla, parando as últimas três horas de trabalho que você coloca nessa arquitetura. obra-prima. É surpreendente, mas não perturbador. E você acorda e é sua irmã olhando para o irmão dormindo na cama abaixo de você. vazios de bella e cadu no COISAS QUE MATAM é exatamente essa certeza desconfortável. Não é a sua conexão sem fio/BlueTooth, é o som atingindo a tela", by C. Monster, Tiny Mix Tapes

vazios é o primeiro álbum da dupla bella e cadu.

No lugar de intensa instrumentação ou da valorização de gestos coesos o que ganha à frente no disco são sons produzidos pelos próprios mecanismo das máquinas utilizadas. O pulso da variação de corrente elétrica, o "hum" causado pelo mal contato de cabos, sons de rolagem e da "marca d'água" do reprodutor de fita k7, suas falhas de reprodução e seus botões sendo pressionados, risos de fundo, toque, suor, silêncio e distância. A valorização do que seria maquiado ou descartado. À medida que o álbum se desenrola, começam a surgir os rastros de uma formação musical (ritmo, voz, texturas) mas que tendem a se esvaziar. Foram utilizados no processo uma bateria eletrônica, fitas cassete, sintetizador e microfone de contato.

sound/visual arts

  • Instagram
  • Vimeo - círculo cinza
  • SoundCloud - círculo cinza